festa do

padroeiro e

da misericórdia

em Itoculo

Aproveitando o dia do podreiro, a paróquia de Itoculo realizou a abertura solene da porta da misericórdia. Esta cerimónia inscreve-se no plano da diocese e da zona pastoral da Carapira, e prevê que em cada paróquia os fiéis possam ter um local de pergrinação para assim poderem viver e usufrir deste ano tão especial. 

 

A celebração contou com três momentos distintos: 1. rito de abertura da porta da misericórdia; 2. celebração do sacramento da reconciliação; e 3. Eucaristia.

 

1. Abertura da porta da misericórdia. Numa pequena introdução o pároco recordou que Cristo é a porta por onde todos somos convidados a passar (Jo. 10, 7-10). Trata-se de um convite e ao mesmo tempo de um grande desafio, porque não é fácil passar por uma porta tão estreita (Mt. 7, 13-14). Embora difícil, esta porta da cruz é a porta bela do amor, da misericórdia, e é a única que nos salva. Depois destas palavras e depois de aberta a grande porta da igreja, a multidão foi entrando e benzendo-se com água benta colocada em duas grandes talhas de barro (minó) colocadas no centro da igreja.

 

2. Celebração do sacramento da reconciliação. Fundamental na vivência da misericórdia divina é o recurso ao dom do perdão que Deus nos concede no sacramento da confissão. Devido à imensidão de pessoas presentes, vários padres das paróquias vizinhas de Monapo e Carapira vieram ajudar. Este período levou mais de duas horas. Enquanto decorriam as confissões em local reservado, o resto da assembleia era convidada ao recolhimento através de uma sequência de leituras, reflexões, jograis, salmos responsoriais e momentos de silêncio e música de fundo. Nestas duas horas houve ainda tempo para que todos, distribuidos em pequenos grupos e momentos distintos, realizassem a via-sacra ao redor do recinto da celebração, no meio de uma vegetação muito bonita e inspiradora.

 

3. A celebração eucarística decorreu com o ritmo próprio das grandes solenidades, com cânticos muito animados pelos cerca de 70 jovens que compunham o coro. Estes jovens estavam concentrados em preparação da festa no centro paroquial desde a véspera, provenientes de cada uma das comunidades que compõem a paróquia. O padre Firmino Cusini, Vigário diocesano, presidiu à Eucaristia.

CALENDÁRIO

2016

HINO DO JUBILEU DIOCESANO

SIMPÓSIO JUBILAR

25 ANOS DA DIOCESE DE NACALA,

O PASSADO E O FUTURO

 

Formação de formadores, semana III, na Carapira

08

AGO

Encontro zonal da família, em Alua

09

AGO

Retiro diocesano, na Carapira

21

AGO

Peregrinação diocesana ao Santuário de Alua

10

SET

NÚMERO DE VISITAS

Congresso diocesano das mamãs, em Netia

17

AGO

12

SET

Encontro zonal de catequistas, em Mueria